12 October, 2006

Os Velhos Baleeiros

Manuel Machado Bettencourt "O Vigia" - Velho Baleeiro de São Mateus

"Eu vi os barcos parados prisioneiros

na sede de um museu. E os arpões

pendurados. E gravadas

em dentes de baleia as passadas navegações

dos velhos baleeiros.


E vi os olhos daquele que falava

da última baleia como quem

remasse ainda sobre a onda brava

para um mar onde nunca mais ninguém."


Manuel Alegre, In. Pico

12 comments:

José da Candelária said...

A Caça à Baleia foi o "ganha pão" de muitos dos nossos paroquianos de São Mateus, era uma vida perigosa, cujos acidentes se sucediam, exemplo disso foi o que aconteceu mesmo na nossa freguesia.
Mas já ninguém se quer lembrar do passado e do que esses homens sofreram para poderem sustentar as familias e muitas bem numerosas.
Agora a vida é um mar de rosas, é só discoteca, pub, café, droga grandes noitadas e não se pensa em mais nada, a nossa juventude está assim.

Anonymous said...

O "Vigia do Canto" também foi baleeiro e porque será que ninguém fala dele?
Resposta: Porque ele não é coisa de lembrar

Anonymous said...

O tal José está muito inspirado, sim senhor...bem comentado, é tudo verdade

Anonymous said...

Oa nossos baleeiros não foram esquecidos, exemplo disso foi o bote que trouxeram para São Mateus.

Anonymous said...

Por amor de Deus deixem de falar do bote...da Junta...Deixem as criaturas em paz, que eles não merecem esses comentários

Anonymous said...

Os blogs da Sandra estão a ficar com muitos comentários...sim senhora. Isto está a ficar realmente interessante.

Anonymous said...

Não merecem mesmo tais comentários

Vigia do Canto said...

eu baleeiro????? nao tenho idade para isso. quem sabe o meu pai ou o meu avo foram mas eu não.

Anonymous said...

E o tio do Vigia do Canto também foi baleeiro, não é verdade?
Vigia eu agora já sei quem tu és!

Contra Informação said...

Se vocês não querem que se fala mal dos membros da Junta eleitos nas últimas eleições, também não falem mal dos outros, que foram eleitos anteriormente. Calem-se bem calados, se não quiserem ter a resposta.

Anonymous said...

O vigia do canto perde muito tempo a bisbilhotar a vida alheia,por isso nunca poderia ser baleeiro,as baleias fugiam antes que ele lá chegasse!

Boca do caneiro said...

Acho que o poema é interesante, e também acho que a caça á baleia em São Mateus é muitos lembrada por muitos,é pena que o pessoal de São Mateus só comente a vida alhei e não dê importancia ás nossas tradições que continuam a ser lembradas por muitos, e como prova disto acho que o pessoal que participa nas regatas baleeiras faça-o por amor á camisola... e também a que o povo da nossa freguesia participe com o seu apoio. Asim jamais tudo isto será esquecido.